Contribuições da Expedição Científica Roosevelt-Rondon ao Estudo das Aves do Brasil - Instituto PristinoInstituto Pristino

Contribuições da Expedição Científica Roosevelt-Rondon ao Estudo das Aves do Brasil

 

Apresenta-se uma síntese sobre a Expedição Científica Roosevelt-Rondon, liderada por dois grandes homens: o ex-presidente norte-americano, Theodore Roosevelt Jr. (1858-1919), e o herói brasileiro Cel. Cândido Mariano da Silva Rondon (1865-1958). A expedição tinha duplo caráter: obter espécimes zoológicos para instituições científicas e mapear o até então desconhecido curso do Rio da Dúvida. Aborda-se o itinerário da expedição em solo brasileiro, com uma revisão de seus resultados ornitológicos, com base nas observações do próprio ex-presidente, relatadas em sua obra “Nas Selvas do Brasil”, assim como nos diários e relatos do naturalista George Kruck Cherrie (1865-1946) e na biografia de Rondon. A descida do Rio da Dúvida foi o trecho mais crítico da expedição, perfazendo dois meses ao longo de 850 km, castigados por muito sofrimento, doenças, fraqueza e privações no “inferno verde” da selva desconhecida. Ao final da síntese histórica da expedição, avalia-se sua importância para o conhecimento das aves brasileiras, sendo apresentadas discussões relativas ao material tipo coletado.

 

Baixe o Artigo: Contribuições da Expedição Científica Roosevelt-Rondon ao Estudo das Aves do Brasil


Autores:

Marcelo Ferreira de Vasconcelos, Fernando Augusto Valério, José Fernando Pacheco, Henrique Belfort Gomes


Publicação

Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, NÚMERO – 78 – 2016/2. Dossiê: Sesquicentenário do nascimento de Cândido Mariano da Silva Rondon (1865-2015)