Atualização das Áreas Prioritárias para Conservação em Minas Gerais - Instituto Prístino

Atualização das Áreas Prioritárias para Conservação em Minas Gerais

Pesquisadores do Instituto Prístino contribuem com a indicação de espécies e ecossistemas prioritários para conservação no estado de Minas Gerais.

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) em parceria com o Consórcio formado pelo World Wide Fund for Nature (WWF/Brasil), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Fundação Biodiversitas estão executando o projeto “Áreas prioritárias: Estratégias para a Conservação da Biodiversidade e dos Ecossistemas de Minas Gerais”[1]. O projeto conta com a colaboração de 200 profissionais (pesquisadores, especialistas, técnicos e servidores) para atualizar as novas bases de dados na gestão ambiental no estado. De acordo com o IEF[2], “o trabalho permitirá a produção de informações espaciais para subsidiar políticas públicas como a ampliação da rede de áreas protegidas, criação de corredores ecológicos, restauração e fomento florestal, revitalização de recursos hídricos, pesquisa, educação ambiental entre outros”.

A metodologia que está sendo aplicada é o Planejamento Sistemático da Conservação. Este método consiste na elaboração de cenários de conservação que contemplem a proteção da biodiversidade e dos ecossistemas naturais, a persistência de espécies da flora e fauna, de processos ecológicos e de paisagens, aproveitando as oportunidades de conservação e minimizando custos. A figura abaixo apresenta as etapas do planejamento sistemático da conservação:

O Instituto Prístino participou em cinco eventos, entre oficinas e reuniões, fornecendo apoio técnico sobre o mapeamento e os dados de biodiversidade sobre os geossistemas ferruginosos do Minas Gerais:

  • Oficina de Alvos e Metas de Conservação: o evento teve como objetivo avaliar o conjunto de alvos proposto pela coordenação temática do projeto, os quais subsidiaram a atualização das Áreas Prioritárias para Conservação e Recuperação da Biodiversidade e Ecossistemas de Minas Gerais (18 a 20 dezembro de 2018, na Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte – MG).Na oportunidade, o Instituto Prístino contribuiu com informações sobre a diversidade biológica e geológica dos geossistemas ferruginosos: Quadrilátero Ferrífero, Serra da Serpentina-Morro do Pilar e Vale do Peixe Bravo. Os artigos científicos, livros e os Atlas Digitais Geoambientais do Instituto Prístino que subsidiaram as informações sobre os geossistemas ferruginosos estão disponíveis aqui no site.
  • Oficina de Consolidação: O evento reuniu especialistas de diversas áreas relacionadas à temática ambiental com objetivo de discutir sobre os produtos obtidos nas etapas anteriores do trabalho. (11 a 13 junho de 2019, no Hotel Royal Center em Belo Horizonte – MG)

  • Consulta eletrônica ampla – áreas prioritárias para a conservação da biodiversidade – MG[1]. A consulta eletrônica foi aberta no dia 09 de setembro de 2019 e finalizada em 04 de outubro do mesmo ano para o envio de contribuições sobre áreas prioritárias para a conservação ou restauração da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos, principalmente os relacionados a recursos hídricos, em Minas Gerais.

  • Reunião sobre a devolutiva da ampla consulta sobre a atualização das Áreas Prioritárias em Minas Gerais. (4 nov. 2019, no auditório da Supram Central Metropolitana – Rua Espírito Santo, 495, Centro, Belo Horizonte – 4º andar. Belo Horizonte, MG)
  • Planejamento Estratégico para conservação: O Plano de Ação Estratégico (PAE), realizado em Belo Horizonte, dez/2019) foi a última etapa do Projeto e teve como objetivo traçar estratégias de gestão para o conjunto de áreas identificadas como prioritárias para a conservação da biodiversidade e dos ecossistemas de Minas Gerais.

Todo o conteúdo produzido pelo projeto “Áreas prioritárias: Estratégias para a Conservação da Biodiversidade e dos Ecossistemas de Minas Gerais” será submetido ao Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam). Ao final, os mapas e produtos serão disponibilizados na página do IEF na internet, no endereço www.ief.mg.gov.br